happy-team

happy-team


 
InícioPortalRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Poesia e tudo à volta

Ir em baixo 
AutorMensagem
demoura
super moderador
super moderador
avatar

Data de inscrição : 30/01/2010
Idade : 38

06122010
MensagemPoesia e tudo à volta

Se, ao passar junto à Biblioteca Municipal Florbela Espanca, em Matosinhos, deparar com um estendal, não estranhe que, em vez de roupa, ele ostente poemas. É, só, uma das muitas iniciativas da 6.ª edição da Festa da Poesia, na cidade entre hoje, segunda-feira, e quarta-feira.
Ao longo dos próximos três dias, em três espaços (Biblioteca Florbela Espanca, Cine-teatro Constantino Nery e Biblioteca Anexa de S. Mamede Infesta), o tempo é dedicado à poesia nas suas mais diversas expressões.
Encontros com poetas e músicos, performances de poesia, música, uma exposição de fotografia, teatro e oficinas de escrita criativa são algumas das propostas do programa, com forte vertente destinada ao público mais jovem.
A Festa da Poesia conta com a participação do escritor José Luís Peixoto, do poeta e ensaísta Fernando Guimarães, do jornalista Nicolau Santos (que, integrado num concerto de jazz, lerá alguns poemas seus), do cantor Luís Portugal, do médico e poeta Jorge Sousa Braga e do músico, compositor e pintor José Fanha, entre muitos outros.
"Habitualmente, a poesia é associada a uma coisa um bocadinho aborrecida ou destinada a grupos muito restritos de pessoas. Entendemos que devíamos desmistificar esta ideia. E, nesse sentido, criámos este conceito de festa", adiantou, ao JN, Fernando Rocha, vereador da Cultura da Câmara de Matosinhos, a organizadora.

"Florbela in aqua"

"Queremos demonstrar que a poesia não é algo soturno ou fechado a elites. Por isso, vamos mostrar o género em várias vertentes, desde a poesia declamada e cantada à poesia dita em espaços formais e nos lugares mais improváveis".
Exemplo disto é a performance "Florbela in aqua", que hoje, pelas 10.30 horas, abre o certame. "Trata-se de um espectáculo que decorre ao ar livre, no lago que existe no jardim fronteiro à biblioteca", afirmou Fernando Rocha.
Neste ano, a festa estreia-se no Facebook, desafiando os seguidores a ali deixarem os seus próprios poemas ou os poemas de que mais gostam. "A ideia é a de aproveitarmos esses contributos para os colocar no nosso estendal da poesia, que estará patente no exterior da biblioteca. Claro que as pessoas que por ali passarem também poderão estender os seus poemas, que poderão, depois, declamar".
O vereador admitiu que, há seis anos, no arranque da iniciativa, "organizámos isto um pouco a medo. Não sabíamos qual seria a reacção das pessoas. Mas a verdade é que os resultados foram muito bons. Nota-se, de ano para ano, uma admirável adesão por parte do público, intergeracional e heterogéneo".
Fernando Rocha explicou, ainda, que, nesta edição, a Festa da Poesia irá, uma vez mais, homenagear Florbela Espanca, poetisa que dá nome à biblioteca municipal. "Fizemos coincidir as datas de modo a podermos assinalar, a 8 de Dezembro, o dia de nascimento, que é também o da morte, de Florbela Espanca". Aliás, para celebrar a poetisa, a festa inclui uma mostra de cartas de amor escritas pela autora, que integram um vasto espólio adquirido pela autarquia.

jn

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo

 Tópicos similares

-
» [Apresentação] Tudo de boa na Lagoa? -q
» Tudo sobre RPG Maker XP
» Missão Rank C - Tudo por Uma Orquídea
» De volta a ativa!
» Filler 21 [Rima] : "De volta a Suna/Confusões"
Compartilhar este artigo em: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

Poesia e tudo à volta :: Comentários

Nenhum comentário.
 

Poesia e tudo à volta

Voltar ao Topo 

Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
happy-team :: Arte & Eventos-
Ir para: